Chapecó e falta de transparência na Saúde

Quando assumi como vereador de Chapecó em 2013, a primeira ação do mandato foi visitar as filas na madrugada nas Unidades de Saúde do município, constatando um problema recorrente na cidade. Em conversas com a população, foi identificado que as filas eram apenas a ponta do iceberg. Muitas pessoas esperavam anos por consultas com médicos especialistas, exames ou cirurgias, sendo que não havia nenhuma divulgação do tempo de espera.

Pensando nisso, elaborei projeto de tratava sobre a divulgação das listagens de pacientes que aguardavam por consultas com médicos especialistas, exames ou cirurgias na rede pública municipal, preservando sempre a identidade dos cidadãos. O objetivo é que o paciente pudesse acompanhar a evolução da fila, evitando ainda que pessoas fossem eventualmente passadas à frente, através de algum “jeitinho” de algum agente público.

Infelizmente, o projeto acabou rejeitado pela base governista, sendo que o reapresentei em 2014, 2015 e 2016, sendo em todas as ocasiões derrubados. Em 2017, no primeiro ano de meu segundo mandato, mais uma vez apresentei o projeto, com a diferença que no ano anterior um projeto semelhante foi aprovado pelos deputados estaduais na Assembleia Legislativa (Alesc) e sancionado pelo Governo do Estado, conhecido como SisReg.

Importante ressaltar que o SisReg trata da lista dos cidadãos que esperam em âmbito estadual. Nosso projeto versa sobre a transparência na esfera municipal! O Projeto de Lei 072/17 segue tramitando na Câmara de Vereadores e visa regulamentar o SisReg em Chapecó, tornando os serviços prestados à população mais transparentes. A verdade é que a saúde de Chapecó precisa ser passada a limpo devido aos acontecimentos recentes.

Não podemos esquecer que em 2016, ano de eleição municipal, foram gastos R$ 20 milhões na área, o que colaborou na eleição da então secretária como vereadora mais votada da história. Posteriormente, a operação Manobra de Osler demostrou um grande esquema de corrução na Pasta. A saúde não pode ser moeda de troca por votos, enquanto a população sofre na fila de espera. Nosso projeto de transparência precisa ser aprovado rapidamente.

11997219_873667082722484_1534631971_n__grande

Um comentário em “Chapecó e falta de transparência na Saúde

  1. Vamos continuar lutando pela transparência na saúde, eu mesma, estou esperando um oftalmo p minha filha, já vai fazer um ano, acabei pagando a consulta porq falaram q só a apartir de outubro…Pense?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s